Imagem: Reprodução / Geek Aço

A 65ª Zona Eleitoral de Macaúbas, através do juiz Júlio Gonçalves da Silva Júnior, determinou nesta quinta-feira (9) que o Instituto de Opinião, Marketing, Publicidade, Promoções e Serviços se “abstenha” de divulgar a pesquisa de intenção de voto para prefeito da cidade em virtude da “tendenciosidade” da mesma. O candidato pelo PSB, Zezinho Pereira, foi notificado para “excluir/deletar do seu perfil da rede social facebook na internet, a mensagem reportada na presente representação, a qual divulga o resultado da pesquisa impugnada, no prazo de 24 (vinte e quatro) horas, contados da notificação”. A representação (veja aqui) foi feita pela coligação “Unidos por uma Macaúbas Melhor”, encabeçada pelo prefeiturável Robinson Nunes (PP). Caso a determinação seja descumprida, ambos os notificados poderão receber multa diária no valor de R$ 1 mil até R$ 100 mil.

Anúncios