Foto: Divulgação

No primeiro dia da greve por tempo indeterminado dos bancários, na região sudoeste da Bahia, a adesão ao movimento foi de 73,5%, segundo informações do Sindicato dos Bancários de Conquista e Região, com sede em Vitória da Conquista. Iniciada nesta terça-feira (18), a paralisação acontece nacionalmente.

“Só deflagramos a greve por conta da intransigência da federação dos bancos (Fenaban), após nove rodadas de negociação em 48 dias de discussões. Desde o último dia 5, avisamos a possibilidade de greve, mas a Fenaban permanece em silêncio”, esclarece o presidente do sindicato, Delson Coêlho.

Veja as principais reivindicações dos bancários:

● Reajuste salarial de 10,25% (aumento real de 5%).

● Mais contratações, proteção contra demissões imotivadas e fim da rotatividade.

● Fim das metas abusivas e combate ao assédio moral

● Mais segurança

● Igualdade de oportunidades.

● Piso salarial estabelecido pelo Dieese

● Participação nos Lucros e Resultados.

● Plano de Cargos e Salários para todos os bancários.

● Elevação dos valores do auxílio-refeição, da cesta-alimentação, do auxílio-creche/babá e da 13ª cesta-alimentação, além da criação do 13º auxílio-refeição.

Anúncios