O prefeito Zezinho Pereira publicou um decreto no Diário Oficial do Município de Macaúbas no qual declara situação de emergência administrativa em razão da “situação caótica, precária e sem estrutura” encontrada na prefeitura deixada pelo seu antecessor Amelinho.
A medida, segundo o ato, foi tomada dianta da “imperiosa necessidade de dar continuidade nos serviços públicos essenciais nas áreas de administracão, saúde, coleta de lixo, assistência social e saneamento básico, evitando-se a interrupcão destes serviços públicos.”
A situação encontrada “poderá trazer danos sérios aos munícipes, gerando perda econômica, social e patrimonial, alem de afetar diretamente a sociedade, a segurança dos bens públicos e particulares, as  habitações, os transportes, as vias e logradouros publicos, ambientais e à saude”.
“Fica declarada situação de emergência administrativa no município de Macaúbas, ficando convocados todos os setores competentes a adotarem as providências de emergência atinentes a realização de obras, contratação de serviços e aquisição das compras necessárias, pelo período máximo de 90 (noventa) dias”, diz o decreto municipal.
Clique aqui e confira o decreto na íntegra.

Anúncios