Foto: Genivaldo Guedes / Facebook / Reprodução
Foto: Genivaldo Guedes / Facebook / Reprodução

O ex-vereador Genivaldo Figueiredo Guedes protocolou um ofício na prefeitura de Macaúbas na tarde desta segunda-feira (21) no qual propõe a criação de um campus universitário no muncípio. A solicitação conta com o apoio do pedagogo macaubense que trabalha no Instituto Federal Baiano (Ifbaiano) em Bom Jesus da Lapa, Junio Batista, que se dispôs a encabeçar a luta com Guedes para levar um campus para a cidade de Macaúbas. No documento, Guedes pede ao prefeito Zezinho Pereira uma audiência para tratar do projeto.

Batista, que é natural de Lagoa Clara e membro do Conselho Superior do Ifbaiano, afirmou, em contato com o ex-vereador, que tem “como propor diretamente ao reitor a criação de um campus do instituto, mediante apresentação de uma contrapartida do município que o sediará”. “Se houver, por exemplo, a disponibilização de espaço e profissionais (em regime temporário) torna-se fácil a instalação de um campus avançado, ou seja, a extensão de um campus já existente, situado em cidade próxima. Temos como exemplos, Bom Jesus da Lapa e Guanambi”, explica Junio Batista.

Genivaldo Guedes também sugeriu ao Ministério da Educação (MEC) a criação do pretendido campus e, em resposta, o órgão afirmou que a reestruturação e expansão das universidades e de novos campus necessita de estudos prévios de viabilidade econômica e social para alocação dos recursos federais.

O pedagogo Junio Batista se dispõe a colaborar na busca por um campus no município. | Imagem: Reprodução
O pedagogo Junio Batista se dispõe a colaborar na busca por um campus no município. | Imagem: Reprodução

 

O ex-vereador macaubense Genivaldo Guedes propõe a implantação de um campus universitário na cidade ao prefeito Zezinho Pereira. | Imagem: Reprodução
O ex-vereador macaubense Genivaldo Guedes propõe a implantação de um campus universitário na cidade ao prefeito Zezinho Pereira. | Imagem: Reprodução

 

O Ministério da Educação responde à solicitação feita por Guedes. | Imagem: Reprodução
O Ministério da Educação responde à solicitação feita por Guedes. | Imagem: Reprodução
Anúncios