denuncia contra amelinho

O ex-prefeito de Macaúbas, Amélio Costa Júnior, o Amelinho, foi denunciado na última semana, em Salvador, pelos vereadores Marcelo Nogueira (PMDB), Ricardo Azevedo (PR), José Roque (PCdoB) e Waldomiro Sobrinho Moia (DEM), acompanhados dos deputados estaduais Jean Fabrício Falcão (PCdoB) e Pedro Tavares (PMDB) e do advogado Thiago Gutemberg, em audiência com o presidente do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, Paulo Maracajá.

Em notícia veiculada no Blog do Anderson, o grupo denuncia graves irregularidades encontradas na prestação de contas do ex-prefeito ocorridas no exercício do ano de 2012. Dentre as várias anormalidades, mereceu destaque na denúncia: os excessivos gastos na área da educação no mês de dezembro de 2012 com transporte, botijões de gás e alimentação, despesas, segundo os vereadores, injustificáveis, uma vez que as aulas terminaram em 30 de novembro, cerca de 16 dias antes de completar os 200 dias letivos exigidos por lei e o absurdo número de contratações diretas (sem licitação).

Ainda de acordo com os denunciantes, foi solicitado ao TCM que providências urgentes sejam tomadas para inibir esse tipo de irregularidades que vêm deflagrando grandes desfalques no dinheiro público e consequentemente, uma perda irreparável nos investimentos que deveriam ser feitos para a melhoria das condições de vida dos macaubenses.

A denúncia, segundo constatou o Correio Macaubense, está registrada sob nº de processo 08988-13.

Anúncios