Um enfermeiro que se passava por médico plantonista no hospital de Rio do Pires há três anos foi preso em flagrante neste sábado (29) na cidade. De acordo com o delegado Marcio Andrei Oliveira, a prisão foi realizada após o Ministério Público passar informações, que serviram de base para as investigações.

Foto: Professor Aderlândio/Reprodução
Foto: Professor Aderlândio/Reprodução

“Ele usava o nome e o CRM de um médico com o qual trabalhou em Lençóis, como enfermeiro. Esse médico atualmente é prefeito em uma cidade no interior do Acre e também está sendo investigado”, afirmou o delegado ao site G1.

De acordo com Marcio Oliveira, o médico Roney Firmino também é alvo de investigação porque o enfermeiro Luiz Carlos da Silva Milho afirmou que ele sabia que seu nome era utilizado e se beneficiava com a farsa.

Detido na delegacia de Rio do Pires, o enfermeiro natural do Rio de Janeiro deve responder por falsidade ideológica, estelionato, exercício ilegal da medicina e exposição de vida ou saúde de outra pessoa à situação de perigo.

O médico, que teve seu usado ilegalmente,  disse à reportagem que conhecia o enfermeiro, mas negou ter autorizado o uso da sua identidade.

Anúncios