O Ministério da Educação (MEC) confirmou que o período de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médico (Enem) de 2014 vai desta segunda-feira (12) a 23 de maio. A edição deste ano do será realizada nos dias 8 e 9 de novembro. A expectativa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pelo Enem, é de que 8,2 milhões de pessoas se inscrevam no exame. Seria um crescimento de 13,9% em relação aos 7,2 milhões de inscritos em 2013.

Uma novidade do Enem este ano é o uso de detectores de metais portáteis. No edital, constará a previsão de que os inscritos poderão ser submetidos nos locais de prova e a qualquer momento ao aparelho. Ou seja, não necessariamente eles passarão pelo detector. O diretor de Gestão e Planejamento do Inep, Dênio Menezes da Silva, disse que a estimativa é que 18 mil detectores sejam usados. Questionado se o objetivo disso era impedir o uso de celulares, o ministro da Educação, José Henrique Paim respondeu:

– O objetivo é a segurança em geral, celulares também.

No primeiro dia de exame, um sábado, será feita a prova de ciências humanas e ciências da natureza, das 13h às 17h30. No segundo dia, serão cobrados linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática. O horário da prova será das 13h às 18h30. Nos dois dias, os portões abrirão às 12h do horário de Brasília.

No caso dos sabatistas – pessoas que que guardam os sábados por razões religiosas – as provas começarão às 19 no horário de Brasília para a maioria dos estados.
A taxa de inscrição é de R$ 35. Não precisarão pagá-la os alunos da rede pública e pessoas cuja renda familiar é de até um salário mínimo e meio (R$ 1.086) per capita. O prazo final para o pagamento da inscrição é 28 de maio. O interessado deve acessar o portal do Inep para obter maiores detalhes.

Com informações do jornal O Globo.

Anúncios