Eleição 2012 (52)A Justiça Eleitoral suspendeu nesta quarta-feira (28) a divulgação de uma pesquisa de intenção de votos feita pelo Instituto Baiano de Pesquisa e Estatística (Ibel). O pedido de suspensão foi feito pela coligação “Voto por Boquira” (PMDB-PDT), que tem o prefeito e candidato à reeleição Marco Túlio (PMDB) liderando a chapa.

Em sua decisão, o juiz da 65ª Zona Eleitoral de Macaúbas, Rodrigo Souza Britto, argumentou que a pesquisa registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo BA-03737/2016 “possui flagrante divergência de dados no percentual de amostragem indicado pelo instituto”.

“O plano amostral afirma que a amostra de eleitores entrevistada seria de 5% do eleitorado. Contudo nas pesquisas registradas, somente foram entrevistados efetivamente apenas um pouco mais de 2% do eleitorado”, justificou o juiz eleitoral.

A pesquisa havia sido contratada pela empresa Equipe Tecnologias em Saúde a um custo de R$ 2 mil, foi realizada entre os dias 17 e 19 deste mês, ouviu 338 eleitores e estava prevista para ser divulgada nesta quinta-feira (29).

Anúncios