A partir de janeiro de 2017, toma posse na Câmara de Macaúbas um time de vereadores, cujo patrimônios declarados somam R$ 2 milhões. Consulta feita pelo Correio Macaubense aos bens declarados pelos vereadores eleitos para a Legislatura 2017/2020 mostra que o vereador eleito Carlinhos de Antero (PSD) é o mais “rico” dentre os futuros legisladores, com mais de meio milhão de reais declarado.

page

Dois dos futuros vereadores declararam à Justiça Eleitoral terem parimônio zero: Tio Pata (PMDB) e Vandinei (PT).

Confira o valor total dos bens declarados pelos vereadores eleitos em Macaúbas:

Vereador Partido Patrimônio
Anderson Gumes PSL 234.000
Carlinhos de Antero PSD 575.761,63
PSL 40.000
Marcelo Nogueira PMDB 106.015,47
Marciel PSB 185.474,57
Marcinha do Açude PSL 13.000
Maxsuel PT 50.000
Nego de Eli DEM 239.290,82
Ricardo Costa PSD 282.000
Ricardo Luiz Teobaldo DEM 116.289,77
Roberto de Zé de Enedina PSB 115.000
Té Oliveira PT 84.900
Tio Pata PMDB  0,00
Valmir do Enchu PSL 45.000
Vandinei PT  0,00
Total: R$ 2.086.732

Em 2012, os patrimônios dos vereadores eleitos, alguns em partidos diferentes dos que estão hoje, somavam R$ 1.424.757. Confira em detalhes:

Anderson Gumes PDT 214.000
Cau PT 120.000
PV 30.000
Marcelo Nogueira PMDB 176.000
Marciel PSB 91.177,57
Marquinhos PCdoB 157.759,64
Nego de Eli DEM 280.000
Ricardo Luiz Teobaldo PR 32.000
Roberto de Zé de Enedina PSB 54.000,00
Té Oliveira PT 16.500
Vá de Lindolfo DEM 192.970
Zé Oseas PV 60.350
Zequinha do Sindicato PCdoB  0,00
Total: R$ 1.424.757
Anúncios