roberio-nunes-foto-site-brumado-noticias-54O ex-deputado federal filho de Macaúbas, Robério Nunes (PP), foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) pela farra das passagens. O nome de Robério Cássio Ribeiro Nunes se junta outros 442 ex-parlamentares que também foram denunciados por crime de peculato pelo procurador Elton Ghersel, da Procuradoria da República à Justiça Federal da 1ª Região.

De acordo com o site Congresso em Foco, o procurador entendeu que há indícios de que os ex-congressistas listados utilizaram a verba pública para viagens de turismo ou cederam seus créditos para terceiros, em atividades que não diziam respeito ao exercício do mandato, apropriando-se indevidamente de dinheiro público. Se a Justiça aceitar a denúncia, eles responderão a processo como réus.

Outros políticos baianos como o prefeito ACM Neto (DEM) – deputado federal à época, o deputado estadual Fábio Souto (DEM), o ex-deputado Luiz Bassuma (Pros), dentre outros, figuram na relação de denunciados.

Para fazer as denúncias, a Procuradoria recebeu apoio da Polícia Federal. Foram examinados 160 mil bilhetes aéreos pagos pela Câmara aos deputados entre 2007 e 2009 às companhias Gol e TAM. Os gastos com esses bilhetes chegaram a R$ 70 milhões em valores da época. Só com viagens internacionais, foram 1.588 trechos, que saíram ao custo de R$ 3,1 milhões. Outros R$ 64 milhões bancaram 112 mil voos nacionais.

Na mesma semana em que foi denunciado, o político foi absolvido no processo que investigava a Máfia das Ambulâncias.

 

Anúncios