O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) negou o pedido de liberdade do comerciário João Batista Leão Morais, que foi preso em dezembro de 2016 pela suposta prática do crime de tráfico de drogas na cidade de Paramirim.

p1-36Durante uma ação conjunta da 4ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Macaúbas e da 46ª CIPM de Livramento de Nossa Senhora, foi encontrada grande quantidade de drogas na Avenida Luís Eduardo Magalhães.

Além de João Batista Leão Morais, conhecido como “Cabeção”, foi preso Edison Quinto de Oliveira. O material apreendido e os suspeitos foram apresentados na Delegacia de Polícia de Macaúbas, onde foi lavrado auto de prisão em flagrante.

p2-36

A defesa de João Morais tentou argumentar na Justiça que ele possui atividade lícita, bons antecedentes e é réu primário. No entanto, a desembargadora Soraya Moradillo Pinto rejeitou os argumentos e manteve a prisão preventiva do acusado.

Anúncios